Guia Folha anuncia Melhores de 2015

O Guia Folha, sessão cultural do jornal Folha de S. Paulo, divulgou a lista dos Melhores do Ano das categorias cinema, concertos, dança, shows, exposições, crianças, noite, bares, teatro e restaurantes.  Em cada categoria, um juri especializado e o público decidem os principais destaques de 2015.

Categoria Cinema

O júri elegeu Divertida Mente de Pete Docter e Ronnie Del Carmen, como o melhor filme estrangeiro do ano. Já os eleitores do “Guia” votaram em “Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)” de Alejandro González Inãrritu, com 52 votos. Mais detalhes!

divertida-mente-dublado

Como melhor mostras de cinema do ano, a escolhida pelo júri foi “Jean-Luc Cinéma Godard” já os leitores votaram no “In-Edit Brasil – 7º Festival do Documentário Musical”.  Mais detalhes!

melhor filme nacional na opinião do júri foi o documentário “Últimas Conversas” de Eduardo Coutinho. Já o filme mais votado pelos leitores foi “Que Horas Ela Volta?” de Anna Muylaert. Mais detalhes!

Categoria Concertos

A peça “Gurre-Lieder” interpretada pela Osesp e regida por Isaac Karabtchevsky foi eleita como o melhor concerto nacional pelo júri. Os eleitoras escolheram a apresentação da Orquestra Sinfônica Heliópolis, regida por Isaac Karabtchevsky com Quaternaglia. Mais detalhes!

concerto

Como concerto estrangeiro melhor do ano, a apresentação da Orquestra do Festival de Budapeste, a qual é regida pelo maestro Iván Fischer foi a eleita pelo júri. E o espetáculo da Filarmônica de Lemberg, junto com a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, foi a escolhida como o melhor do ano pelo público. Mais detalhes!

Na opinião do júri, a melhor ópera do ano foi “Thaïs” criada por Jules Massenet (1842-1912) e encenada no Theatro Municipal em julho e agosto. Já para o público que votou, a melhor do ano foi “Polly – A Ópera do Mendigo parte 2” encenada pelo Núcleo Universitário de Ópera (NUO). Mais detalhes!

Categoria Dança

A coreografia “Dança Sinfônica” do Grupo Corpo, assinada por Rodrigo Pederneiras, que marcou as celebrações de 40 anos da Cia, foi a eleita pelos jurados. “Indigo Rose” da São Paulo Companhia de Dança, foi a escolhida pelo público. Mais detalhes!

grupo corpo

Categoria Shows

O festival mais votado pelo júri especializado e escolhido como o melhor do ano foi “Popload Festival”, o qual a terceira edição ocorreu em outubro. “Lollapalooza“, festival que aconteceu em março, foi o mais votado pelo público. Mais detalhes!

shows

Como show nacional melhor do ano, “A Mulher do Fim do Munfo” de Elza Soares foi eleito pelo júri. Já o público deu mais votos para a banda Los Hermanos, a qual não lança um novo álbum há dez anos. Mais detalhes!

Já o show estrangeiro melhor do ano na opinião do júri foi a apresentação do ex-Pink Floyd David Gilmour. Para o público, a melhor apresentação foi do grupo norte-americano de indie rock Imagine DragonsMais detalhes!

Categoria Exposições 

A Galeria Estação foi a que mais recebeu votos do júri considerada a melhor do ano. A Estação fica em Pinheiros e preserva a memória do imaginário do povo brasileiro, com um acervo de arte popular. Já os leitores, deram 65 votos e escolheram como a melhor do ano, a Galeria Virgílio, também em Pinheiros. Mais detalhes!

galeria

A melhor exposição do ano de acordo com o voto dos jurados foi a mostra “Terra Comunal – Marina Abramovic – MAI” que estreou em março no Sesc Pompeia. Para os leitores do “Guia” a melhor do ano foi “Kandinsky: Tudo Começa num Ponto” que ficou em cartaz no Centro Cultural do Banco do Brasil. Mais detalhes!

Categoria Criança

Os júri especializado, elegeu como melhor passeio infantil o parque KidZania, o qual simula uma cidade onde as crianças podem brincar de trabalhar como bombeiros, policiais, médicos, jornalistas e ainda gastar dinheiro de mentirinha. Já o público deu mais votos para o Espaço de Leitura do parque da Água Branca. Mais detalhes!

crianças

Como melhor peça infantil do ano, os jurados elegeram “Mas Por Quê??! A História de Elvis” dirigida por Renato Linhares. Em contrapartida, “Refugo Urbano” foi a mais votada pelo público. A peça tem direção de Suzana Aragão. Mais detalhes!

Categoria Festa

A Selvagem foi eleita como a melhor festa do ano pelos jurados especializados. A balada costuma ocorrer aos domingos na praça Dom José Gaspar. Já o público escolheu como a melhor do ano, a festa Gambiarra, balada que recebe atores e público ligado às artes. Mais detalhes!

balada

O título de melhor clube de acordo com o voto dos jurados, ficou com The Year, espaço que foi inaugurado em outubro e possui curadoria musical de Chico Cornejo.  Entretanto, o Club Yacht foi o escolhido pelo público, a qual possui cores azul, cinza e prata nas paredes da casa, que simulam cascos de navio. Mais detalhes!

Categoria Bares

Como melhor novo bar, Frank Bar foi o escolhi pelo júri. A casa, instalada no hotel Maksoud Plaza, presta uma homenagem a Frank Sinatra. O público escolheu a São Paulo Tap House, que possui 40 torneiras de chope com rótulos nacionais. Mais detalhes!

bar

Categoria Teatro

A melhor peça nacional do ano, de acordo com os jurados, foi “O Homem Primitivo” com Pedro Cardoso e Graziella Moretto. O público escolheu o espetáculo dirigido por Pedro Garrafa e encenado por Flávia Garrafa, intitulado “Fale Mais sobre Isso“. Mais detalhes!

teatro

A peça suíça “Stifters Dinge” que fez parte da Mostra Internacional de Teatro de São Paulo foi eleito como a melhor peça internacional pelo júri. O público elegeu a peça argentina “Wayra” do grupo Fuerza Bruta. Mais detalhes!

Já a peça “Urinal” foi a escolhida pelo júri como melhor musical do ano. A adaptação de uma comédia americana é dirigida por Zé Henrique de Paula. O público deu mais votos para “Nuvem de Lágrimas” que é inspirado no romance “Orgulho e Preconceito” da inglesa, Jane Austen. Mais detalhes!

Categoria Restaurantes 

O melhor restaurante do ano, escolhido pelos jurados especializados da “Guia” foi o italiano Nino Cucina, o qual abriu as portas em agosto, sob comando do chef Rodolfo De Santis. Para os leitores, o melhor escolhido foi UN Restaurante, de cozinha japonesa, é tocado por Tadashi Shiraishi. Mais detalhes!

restaurante

 

Globo de Ouro 2016 | Conheça todos os indicados à premiação

Por Rodrigo Ramos via Previamente

No cinema, Carol e Mad Max são os destaques, enquanto na TV as séries Mr. Robot, Transparent e Outlander lideram os nomeados

Foram anunciados na manhã desta quinta-feira (10) os indicados à 73ª edição do Globo de Ouro(Golden Globes), cujas as escolhas são feitas pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (Hollywood Foreign Press Association).

Entre os indicados nas categorias de cinema, o filme Carol é quem lidera a relação, com cinco indicações, incluindo melhor filme, direção e duas lembranças como melhor atriz. Logo atrás estão os longas O Regresso A Grande Aposta, com quatro nomeações cada. O mais surpreendente da lista é a presença de Mad Max: Estrada da Fúria, somando um total de três indicações, incluindo melhor filme e direção.

Enquanto isso, a lista da TV está cheia de surpresas. Há várias séries empatadas com o mesmo número de indicações: três ao todo. São elas EmpireWolf HallFargoMr. RobotOutlander,American Crime e Transparent. Vencedoras do Emmy deste ano de melhor drama e comédia, respectivamente, Game of Thrones só foi indicado à categoria de melhor série, enquanto Veeprecebeu apenas a nomeação de melhor atriz.

Vale destacar a indicação na categoria de melhor ator (drama) para o brasileiro Wagner Moura, por sua performance na série Narcos, da Netflix. A produção ainda teve uma nomeação na categoria de melhor série dramática.

wargner moura

Ricky Gervais apresentará a cerimônia de premiação, depois de três anos com Amy Poehler e Tina Fey realizando o serviço. Os vencedores serão conhecidos no dia 10 de janeiro.

Confira abaixo a relação completa com as 25 categorias, sendo 14 dedicadas ao cinema e 11 à televisão.

CINEMA

Melhor Filme (Drama)
Spotlight – Segredos Revelados
Carol
O Regresso
Mad Max: Estrada da Fúria
O Quarto de Jack

Melhor Filme (Comédia ou Musical)
Joy
Perdido em Marte
Descompensada
A Grande Aposta
A Espiã Que Sabia de Menos

Melhor Ator (Drama)
Leonardo DiCaprio — O Regresso
Eddie Redmayne — A Garota Dinamarquesa
Michael Fassbender — Steve Jobs
Will Smith — Um Homem Entre Gigantes
Bryan Cranston — Trumbo

Melhor Atriz (Drama)
Brie Larson — O Quarto de Jack
Saoirse Ronan — Brooklyn
Cate Blanchett — Carol
Alicia Vikander — A Garota Dinamarquesa
Rooney Mara — Carol

Melhor Ator (Comédia ou Musical)
Matt Damon — Perdido em Marte
Steve Carell — A Grande Aposta
Al Pacino — Não Olhe Para Trás
Mark Ruffalo — Sentimentos Que Curam
Christian Bale — A Grande Aposta

Melhor Atriz (Comédia ou Musical)
Jennifer Lawrence — Joy
Amy Schumer — Descompensada
Lily Tomlin — Grandma
Melissa McCarthy – A Espiã Que Sabia de Menos
Maggie Smith — A Senhora da Van

Melhor Atriz Coadjuvante
Kate Winslet — Steve Jobs
Jennifer Jason Leigh — Os Oito Odiados
Jane Fonda — Youth
Alicia Vikander — Ex Machina
Helen Mirren — Trumbo

Melhor Ator Coadjuvante
Sylvester Stallone — Creed
Idris Elba — Beasts of No Nation
Mark Rylance — Pontes dos Espiões
Michael Shannon — 99 Homes
Paul Dano — Love & Mercy

Melhor Diretor
Ridley Scott — Perdido em Marte
Alejandro Gonzalez Inarritu — O Regresso
Tom McCarthy — Spotlight
Todd Haynes — Carol
George Miller — Mad Max: Estrada da Fúria

Melhor Roteiro
Spotlight
Steve Jobs
Os Oito Odiados
O Quarto de Jack
A Grande Aposta

Melhor Canção Original
“One Kind of Love” – Love & Mercy
“Simple Song #3″ – Youth
“See You Again” – Velozes e Furiosos 7
“Love Me Like You Do” – Cinquenta Tons de Cinza
“Writing’s on the Wall” – 007 Contra Spectre

Melhor Trilha Sonora Original
Carol
A Garota Dinamarquesa
O Regresso
Divertida Mente
Mad Max: Estrada da Fúria

Melhor Animação
Anomalisa
Divertida Mente
O Bom Dinossauro
Shaun: O Carneiro
Snoopy & Charlie Brown: Peanuts – O Filme

Melhor Filme Estrangeiro
O Filho de Saul
Cinco Graças
Miekkailija/The Fencer
Le tout nouveau testament/The Brand New Testament
O Clube

TELEVISÃO

Melhor Série (Drama)
Empire
Mr. Robot
Game of Thrones
Outlander
Narcos

Melhor Série (Comédia)
Casual
Mozart in the Jungle
Orange Is the New Black
Silicon Valley
Transparent

Melhor Série Limitada ou Telefilme
American Crime
American Horror Story: Hotel
Fargo
Flesh and Bone
Wolf Hall

Melhor Ator – Drama
Liev Schreiber — Ray Donovan
Wagner Moura — Narcos
Bob Odenkirk — Better Call Saul
Rami Malek — Mr. Robot
Jon Hamm — Mad Men

Melhor Atriz – Drama
Taraji P. Henson — Empire
Viola Davis — How to Get Away With Murder
Robin Wright — House of Cards
Caitriona Balfe — Outlander
Eva Green — Penny Dreadful

Melhor Atriz – Comédia
Rachel Bloom — Crazy Ex Girlfriend
Jamie Lee Curtis — Scream Queens
Lily Tomlin — Grace and Frankie
Julia Louis-Dreyfus — Veep
Gina Rodriquez — Jane the Virgin

Melhor Ator – Comédia
Jeffrey Tambor — Transparent
Aziz Ansari — Master of None
Rob Lowe — The Grinder
Will Forte — Last Man on Earth
Patrick Stewart — Blunt Talk
Gael Garcia Bernal — Mozart in the Jungle

Melhor Atriz em Série Limitada ou Telefilme
Kirsten Dunst — Fargo
Lady Gaga — American Horror Story: Hotel
Sarah Hay — Flesh and Bone
Felicity Huffman — American Crime
Queen Latifah — Bessie

Melhor Ator em Série Limitada ou Telefilme
Idris Elba — Luther
Oscar Isaac — Show Me a Hero
David Oyelowo — Nightingale
Mark Rylance — Wolf Hall
Patrick Wilson — Fargo

Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Minissérie ou Telefilme
Regina King — American Crime
Uzo Aduba — Orange is the New Black
Joanne Froggatt — Downton Abbey
Maura Tierney — The Affair
Judith Light — Transparent

Melhor Ator Coadjuvante em Série, Minissérie ou Telefilme
Damian Lewis — Wolf Hall
Christian Slater — Mr. Robot
Alan Cumming — The Good Wife
Ben Mendelsohn — Bloodline
Tobias Menzies — Outlander

Abertas as inscrições para Rede Sesc de Cinema e de Galerias

Estão abertas as inscrições para a Rede Sesc de Cinema e Rede Sesc de Galerias, projetos de difusão da produção cultural. Serão selecionados audiovisuais da região Sul e exposições de artistas residentes em Santa Catarina para entrarem na programação do Sesc no Estado catarinense em 2016.

Em sua terceira edição, a Rede Sesc de Cinema seleciona longas e curtas-metragens, além de curtas infantis, produzidos em Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. São sete prêmios para cessão de direitos de exibição das obras cinematográficas pelo período de dois anos. Os audiovisuais serão apresentados gratuitamente nas Unidades do Sesc/SC e em instituições parceiras, como escolas e centros comunitários, em mais de 30 cidades catarinenses. As inscrições podem ser realizadas até 29 de janeiro de 2016.

Na Rede Sesc de Galerias, artistas catarinenses ou residentes no Estado podem inscrever até o dia 22/12/2015, propostas de exposições individuais ou coletivas para o projeto “Espaços Visuais”, que contempla mostras temporárias nas galerias do Sesc em Joinville, Jaraguá do Sul, São Bento do Sul, Chapecó, Joaçaba, Itajaí e Lages. A proposta expográfica deverá levar em consideração as especificações técnicas dos espaços e ter viabilidade de adaptar-se. Poderão ser selecionadas até sete mostras para participar da Rede. Cada exposição será exibida em duas cidades por aproximadamente 45 dias.

Os regulamentos e fichas de inscrições estão disponíveis em www.sesc-sc.com.br.

+ Rede Sesc de Cinema: http://portal.sesc-sc.com.br/projeto/152

+ Rede Sesc de Galerias – Espaços Visuais: http://portal.sesc-sc.com.br/projeto/120

Disney divulga trailer de “Procurando Dory”

Após 12 anos do lançamento de “Procurando Nemo” a Disney divulgou nesta terça-feira (10) o primeiro trailer de “Procurando Dory”. O longa metragem que é assinado pelo diretor Andrew Stanton, conta história de Dory (voz de Ellen DeGeneres no original), que um ano após ajudar Marlin (Albert Brooks) a reencontrar seu filho Nemo (Hayden Rolence), Dory precisa agora lidar com vários peixes do seu passado, entre eles alguns pelos quais ela foi apaixonada.

Novos personagens aparecem no filme, como o polvo Hank (Ed O’Neill), o tubarão-baleia Destiny (Kaitlin Olson) e o beluga Bailey (Ty Burrell).

“Procurando Dory” será lançado nos Estados Unidos em 17 de junho de 2016. A data de lançamento no Brasil está prevista para 30 de junho de 2016.

Confira o trailer:

Divulgado teaser de “Amy”, filme sobre a vida de Amy Winehouse

Na última quinta-feira (2) foi divulgado o primeiro teaser do filme “Amy, the girl behind the name”, um documentário sobre a vida de Amy Winehouse com direção de ASif Kapadia e produção de James Gay-Rees.

O filme contará a história de Amy através de depoimento da cantora em diversas fases de sua vida, com imagens inéditas de bastidores, além de músicas nunca lançadas. O filme “Amy” assim como o livro “Amy, My Daughter” mostrará ao público a tragetória de Amy Winehouse até alcançar o sucesso internacional, os problemas em lidar com a fama e com o vício, até a chegada da morte, em julho de 2011, quando tinha 27 anos. O pôster do filme foi divulgado em março deste ano na página oficial do filme no Facebook.  A estreia acontece no dia 3 de julho na Grã-Bretanha. No Brasil, ainda não há data prevista.