Review | Warung Semana da Pátria

Por Marcos Regert

No último sábado, 10 de setembro, o retorno do Hernan Cattaneo ao Warung foi o centro das atenções no último evento da série Semana da Pátria realizado pelo club em homenagem a Independência do Brasil. Club o qual sempre valorizou o patriotismo tendo como símbolo a bandeira do Brasil suspensa no epicentro do main room.

A festa também contou com a presença do showcase da D.O.C. Records, gravadora fundada em 2013 pelo renomado produtor brasileiro Gui Boratto. O nome D.O.C. é uma referência a “Denominazione di Origine Controllata” um controle de qualidade para produtos como vinho e queijo que seguem um conjunto de regras e regulamentos, e são produzidos em áreas geográficas específicas. Neste caso, é sobre música e foi qualidade musical o que nos mostraram.

O evento começou as 21h com o DJ residente Leozinho fazendo o warm up até a meia noite para o Hernan Cattaneo na pista principal e Shadow Movement, duo formado por Rafael Bartel e Raul Monteiro, tocando no Garden até a 1h30. Isto são quatro horas e meia de apresentação tempo o suficiente para o duo explorar a sua criatividade e fundamentar a base do que seria esta noite no Garden.

Na sequência quem assumiu o comando dos decks foi o grupo Elekfantz em sua apresentação que contava com instrumentos percussivos e um microfone que foi bem utilizado por Leo Piovezani membro do duo formado também por Daniel Kuhnen que conhece muito bem o club.

As 2h30, Gui Boratto tomou conta da pista do Garden, abusando das suas sonoridades características criou um ambiente onde pode explorar tanto o seu lado atemporal – como tocando a melodia do seu hit Azzurra em outra música – quanto o que ele tem selecionado da vanguarda musical.

Junior C. ficou com a missão de fechar a noite da sua label no Garden. Com um set envolvente e técnicas apuradas de mixagem, deixou a festa dividida entre subir para a pista principal ou ficar e ver o desenrolar do seu set. Sabendo que um dos grandes inspiradores do mundo da música eletrônica estava tocando na outra pista, Junior C teve liberdade para correr por diferentes estilos e velocidades, criando uma vibe dinâmica e dançante ao mesmo tempo.

Por último e não menos importante Hernan Cattaneo iniciou os trabalhos a meia noite na pista principal e como de costume se apresentou em seu long set de cerca de oito horas dando forma e trilha sonora a mais um mês de setembro inesquecível no Warung. Mixagens perfeitas, controle da progressão do set e da pista foram os pontos que tiveram presença na sua apresentação until the end.

Isabel Debatin. Catarinense, 23 anos, apaixonada por cultura, histórias e jornalismo.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *